Como as escolas estão se preparando para o retorno presencial?

Como as escolas estão se preparando para o retorno presencial?

banner-materia-volta-as-aulas-blog

Você sabe como as escolas estão se preparando para o retorno presencial? A partir de outubro, grande parte das escolas terão a opção de retomada opcional das aulas presenciais.

Com isso, a medida deve fazer com que, em grande parte das Cidades e Estados haja o retorno das atividades presenciais nas escolas.

Mas como as escolas estão se preparando para o retorno presencial dos alunos? O que está sendo feito para que haja segurança nessa retomada? É justamente o que vamos discutir aqui.

Como as escolas estão se preparando para o retorno presencial?

Como é de se esperar, uma das principais preocupações em torno da retomada das aulas presenciais são as medidas criadas para que esse retorno seja feito com total segurança.

A opção pelo retorno opcional busca conter os danos que a evasão escolar – uma das maiores preocupações dos órgãos educacionais com a falta de aulas presenciais – possa eventualmente causar.

Diante disso, o que tem se buscado são medidas para que as aulas em meio a pandemia sejam feitas com total segurança para alunos, professores e funcionários.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), aliás, publicou diretrizes internacionais para a educação na pandemia. O documento tem como objetivo auxiliar na implementação de estratégias que minimizem os dados causados pela pandemia.

Mas para a retomada no Brasil, como as escolas estão se preparando para o retorno presencial?

Higienização de ambientes

Uma das principais medidas que está sendo adotada é no maior cuidado com a higienização do ambiente escolar.

Com a aplicação de produtos recomendados para desinfecção de ambientes, há também um cuidado maior com áreas de contato comum. Salas de aula e de convivência comum dos alunos são exemplos disso.

Além disso, a periodicidade com que a higienização de ambientes é feita também é outra medida a ser realizada. De acordo com o plano de retomada, a higienização das salas agora deve ser feita antes de cada turno.

Para isso, são aplicados produtos como cloro e água sanitária. Mas o foco em como as escolas estão se preparando para o retorno presencial é com aplicação de produtos recomendados contra a doença.

Produtos recomendados contra a COVID-19

Alguns produtos já são aplicados de forma mais eficiente no combate a COVID-19, especialmente por suas ações desinfetantes.

Exemplo disso é o Desinfetante Peróxido 3M¸ que possui uma ação direta na limpeza de superfícies como piso, cerâmica, vidros e parede.

O produto, aliás, é mais indicado para ambientes com alta circulação de pessoas em razão da sua baixa corrosão e fórmula biodegradável.

A aplicação, claro, ainda segue os padrões de segurança estabelecidos para esse tipo de produto, como uso de luvas, máscaras e aventais.

Outra medida adotada no plano de como as escolas estão se preparando para o retorno presencial é o uso de equipamentos de proteção.

A proteção de alunos e professores é tida como prioridade no plano de retomada, o que é feito por meio de equipamentos de proteção individual, os EPI’s, máscaras, protetor facial, luva e outros equipamentos.

E além dos equipamentos de uso individual, há também a aplicação de equipamentos de proteção para uso coletivo.

O dispensador de álcool em gel é só um exemplo de equipamentos que garante uma maior proteção contra o vírus. Outros equipamentos, como tapete sanitizante e placas para demarcação de distanciamento no piso são outros exemplos.

Como as escolas estão se preparando para o retorno presencial – O que esperar?

As medidas de segurança estabelecidas sobre como as escolas devem se preparar para o retorno presencial buscam trazer mais segurança para essa retomada.

Com isso, mesmo com a autonomia na decisão de reabrir ou não, o plano tem como objetivo trazer mais segurança aos alunos e suas famílias e para os profissionais da educação.

Para isso, o governo já definiu, além dos cuidados citamos acima, outras ações a serem respeitadas no ambiente escolar. Exemplo disso são as medidas estabelecidas pelo Governo de São Paulo:

  • Marcação do distanciamento de alunos nos pisos;
  • Proibição ao compartilhamento de objetos e materiais;
  • Restrição que pais, responsáveis ou qualquer outra pessoa de fora entre na escola;
  • Intervalos ou recreios com turmas fixas em revezamento de horários;
  • Prioridade de alimentos que não necessitem de manipulação para consumo na merenda;
  • Proibição de eventos que causem aglomeração;
  • Organizar saída e entrada para evitar aglomerações.

Em meio a tempos de incertezas, o retorno das aulas presenciais tende a ser um momento de readaptação, tanto para as famílias quanto para os profissionais. Justamente por isso é que o desenvolvimento de um planejamento de segurança ganha um destaque ainda maior, especialmente pelas medidas impostas.

ACOMPANHE A ELASTOBOR
Fique ligado em nossas redes sociais e participe de promoções e sorteios exclusivos.
       
FICOU ALGUMA DÚVIDA?

Curtiu essa matéria?

%d blogueiros gostam disto: