Placas de sinalização de rota de fulga e incêndio.

Placas de sinalização de rota de fulga e incêndio.

Exigido pela NBR 13434, a placa de sinalização de evacuação e rota de fuga com a imagem de balizamento “Saída” deve estar a uma altura mínima de 1,80 metros em relação ao piso acabado e ser instalada nas paredes dos corredores, halls, salas e demais áreas compartimentadas de uma determinada edificação onde são exigidas, por norma, sinalizações de balizamento para rota de fuga e evacuação.

Tem como função indicar o caminho mais curto, fácil e rápido para que as pessoas que transitam ou habitam uma determinada edificação possam se retirar da mesma, facilitando a ação de evacuação com maior eficácia no caso da ocorrência de um princípio de incêndio ou do próprio incêndio.

 

Quando houver algum obstáculo que impeça ou dificulte a visualização da placa em seu local de instalação (Como prateleiras, caixas empilhadas, etc.), deve-se repetir a mesma sinalização a uma altura suficiente para que as pessoas no local possam visualizar com facilidade. (NBR 13434-1)

Se instalada em pilares, todas as faces visíveis do pilar deve ser sinalizada. (NBR 13434-1)

Todas as placas de sinalização de orientação e salvamento devem ser do tipo fotoluminescentes (Brilham no escuro), pois em caso de incêndio a energia elétrica da edificação é desligada, podendo causar confusões na hora da evacuação se houver ausência de pigmentação fotoluminescente nas placas de rota de fuga e balizamento.

A sinalização sujeita a intempéries, agentes físicos e químicos deve ser vistoriada a cada seis meses, efetuando-se a sua recuperação ou substituição, quando necessário.

A placa possui o formato padrão para sinalização de rota de fuga e balizamento, do tipo retangular conforme previsto em 4.3.2 da NBR 13434-2. Além disso, a cor da segurança (Verde) deve cobrir no mínimo 50% da área do símbolo.  

 

Possui cor verde, referência RGB: R0 G61 B0, padrão utilizado para símbolos de proibição e identificação de equipamentos de combate a incêndio e alarme. (NBR 13434-2.)

As placas de sinalização devem possuir o CNPJ do fabricante grafadas em área de visualização livre. Também possui grafada na própria placa as informações sobre a atenuação de seu pigmento fotoluminescente, que demonstra quanto tempo a placa de sinalização leva para se apagar, de forma a grafia de rota de fuga fique invisível no escuro.

Para adquirir agora, basta clicar neste link: https://www.elastobor.com.br/sinalizacao?&utmi_p=_&utmi_pc=BuscaFRN&utmi_cp=sinalizacao

O que é?

Rota de fuga é um mapa que é representado através de símbolos apropriados, o trajeto a ser seguido pelo indivíduo no caso de necessidade urgente de evacuação do local. Rota de fuga pode ser utilizada em função de: Incêndio; Desabamentos; Outros casos fortuitos;

A falta de indicadores de rotas de evacuação poderá ocasionar situações de pânico em emergências, onde o fator tranqüilidade é preponderante para a prevenção de acidentes graves.

O planejamento da Rota de Fuga deverá ser bem elaborado, levando-se em consideração: As diretrizes da NR-23 do MTB; NBR 9077 e 13434; Código Estadual de Prevenção de Incêndios; Outras que venham a facilitar a saída dos indivíduos dos locais atingidos.

Saídas

As aberturas, saídas e vias de passagem devem ser claramente assinaladas por meio de placas ou sinais luminosos, indicando a direção da saída. As saídas e as vias de circulação não devem comportar escadas nem degraus as passagens deverão ser bem iluminadas.

Exercício de Alerta

Os exercícios de combate ao fogo deverão ser feitos periodicamente, objetivando:

  • que o pessoal grave o significado do sinal de alarme;
  • que a evacuação do local se faça em boa ordem;
  • que seja evitado qualquer pânico;
  • que sejam atribuídas tarefas e responsabilidades específicas aos empregados;
  • que seja verificado se a sirene de alarme foi ouvida em todas as áreas.

Os exercícios deverão ser realizados sob a direção de um grupo de pessoas, capazes de prepará-los e dirigi-los, comportando um chefe e ajudantes em número necessário, segundo as características do estabelecimento.

Riscos

Risco “é a chance de algo acontecer”. Está no nosso dia a dia:

  • No lar;
  • No trânsito;
  • Na empresa;
  • No parque…

SINAL ALARME – Se houver uma situação de emergência na obra , soará um sinal acústico convencionado (vários toques intermitentes – evacuação, que deverá ser identificado por todos.)

A coordenação da evacuação é feita pelo Encarregado e Engenheiro e pelo Técnico de segurança da obra. O Encarregada e Engenheiro chefe de fila (o primeiro) e o técnico de segurança é o cerra-fila, isto é, o último a sair. O chefe de fila Orienta a evacuação (sempre pela Direita em fila indiana), até ao Ponto de Encontro.

A sinalização de emergência contra incêndio e pânico tem como finalidade reduzir o risco de ocorrência de incêndio, alertando para os riscos existentes e garantir que sejam adotadas ações adequadas à situação de risco, que orientem as ações de combate e facilitem a localização dos equipamentos e das rotas de saída para abandono seguro da edificação em caso de incêndio, fazendo uso de símbolos, mensagens e cores.

Tipos de sinalização de emergência:

Os diversos tipos de sinalização de emergência contra incêndio e pânico devem ser implantados em função de características específicas de uso e dos riscos, bem como em função de necessidades básicas para a garantia da segurança contra incêndio. A princípio, a sinalização deve estar presente em qualquer tipo de edificação onde são exigidas, por norma ou regulamentação, saídas de emergência de uso coletivo e instalação de equipamentos e sistemas de proteção contra incêndio.

O elemento de sinalização de emergência e suas partes devem atender aos requisitos de desempenho estabelecidos, para que seja garantida sua legibilidade e integridade, quando dimensionado e instalado em conformidade com as Normas da ABNT NBR 13434-1, ABNT NBR 13434-2 e ABNT NBR 13434-3.

Características da Sinalização de emergência:

A Sinalização de emergência faz uso de símbolos, mensagens e cores que devem ser alocados convenientemente no interior da edificação e áreas de risco.

Sinalização básica da Sinalização de emergência:

  • Proibição,
  • Alerta,
  • Orientação e Salvamento,
  • Equipamentos,
  • Sinalização complementar.

One Reply to “Placas de sinalização de rota de fulga e incêndio.”

Curtiu essa matéria?

%d blogueiros gostam disto: