Polia, para que serve e como usar?

Polia, para que serve e como usar?

POLIAS, CONHEÇA E SAIBA USAR

Polias, a maneira ideal de levantar peso e transmitir forças.

As polias são milenares, antes dos motores a diesel, dos carros e dos outros equipamentos que facilitam o levantamento de toneladas, o ser humano desenvolveu o sistema de polias.

Um mecanismo muito simples e eficaz que foi adaptado ao longo dos séculos e ajudou a construir civilizações.

Atualmente as polias são utilizadas em motores, construções, portos, setores de carregamento, caminhões, máquinas, indústrias, galpões de armazenamento, estoques, academias, alpinismo e içamento.

Como funciona a polia?

O funcionamento dela é simples.

Por ser uma peça em formato circular, ela gira em torno de um eixo, dessa forma facilita a transferência de energia e força cinética para movimentar objetos através de cordas ou correntes.

Através de polias fixas e polias móveis é montado um sistema para que o peso da carga seja distribuído entre as cordas ou correntes, assim facilitando por exemplo, que trabalhadores de içamento, consigam erguer um sofá até o decimo andar de um prédio.

O que é uma polia fixa?

A polia fixa é uma forma de montagem da polia, que pode ser combinada a outras polias, as que são soltas, também chamadas de polias móveis.

Funciona como uma peça central de um sistema de polias.

Ela precisa ser fixada ao teto, ou a uma superfície elevada.

A polia fixa só redireciona a força que precisa ser feita para erguer um objeto.

Como funciona a polia móvel?

Essa polia, por sua vez, deve ser colocada na extensão da corda, e o objeto precisa ser fixado a ela, assim quando a pessoa faz a força para erguer, a roldana atuará para facilitar o deslocamento da carga dentro do sistema de polia.

A polia móvel, reduz pela metade a força necessária para erguer um objeto.

Como usar uma polia?

Aqui vou te ensinar como você combina as polias paras ter um sistema de levantamento de pesos mais eficiente, reduzindo a força necessária pela metade, assim você economizará com mão de obra.

Esse sistema é também conhecido como multiplicador de força.

Essencial para quem trabalha em construções e também para quem trabalha no ramo de içamento, podendo ser adaptado para transporte de móveis a serem montados e no carregamento e descarregamento de caminhões.

Para você que trabalha nessas áreas ou outras áreas em que o peso das cargas é um inimigo constante, domine esse sistema e adapte-o para a sua necessidade, tenho certeza que te poupará muito dinheiro e saúde.

Passo 1:  

Adquira os equipamentos necessários.

  • 2 Polias (Roldanas) com suporte para fixação ao teto.
  • Cordas resistentes.
  • Caso necessário, compre ganchos para fixação do objeto à roldana.

Passo 2:

  • Prenda uma ponta da corda em um ponto fixo no teto.
  • Utilize uma estrutura resistente para isso.
  • A corda nesse ponto estará suspensa, mas sem roldanas.

Passo 3:

  • Passe a corda pela polia móvel.
  • A ponta solta da corda deve ser passada pela roldana móvel.
  • Essa roldana é muito importante para distribuir o peso dos objetos.

Passo 4:  

  • Prenda o objeto a ser erguido na polia móvel usando o sistema de ganchos.
  • Esse passo pode também ser executado no final, mas executar nessa ordem facilitará o processo.
  • Pode utilizar um peso menor e temporário apenas para terminar a montagem do sistema.
  • Caso não seja possível, vá para o próximo.

Passo 5:

  • Prenda a polia fixa ao teto.
  • Para isso você deve usar uma estrutura sólida.
  • Deve parafusar a polia fixa caso seja possível.
  • Se não for possível encontre outro ponto de fixação.
  • Em alguns locais é possível utilizar cordas para criar um apoio.
  • Tome muito cuidado para que ela esteja bem fixa antes de prosseguir.

Passo 6:

  • Passe a ponta livre da corda pela polia fixa.
  • Se tudo correu bem, você deve ter agora um sistema de duas polias que reduz o peso pela metade.
  • Se você deixou o passo 4 para o final, agora é a hora de executa-lo.  

Extremamente importante antes de montar sua polia

Cuidados e dicas essenciais para seus equipamentos durarem e para você evitar acidentes.

  • Sempre a corda deve passar pelo meio da roldana, a parte determinada para que ela passe.
  • A corda utilizada não pode ter remendos, pois isso prejudica o sistema.
  • Utilize materiais de boa qualidade para evitar prejuízos.
  • A corda deve ter o comprimento adequado para a ação a ser realizada, não poupe nisso e evite dor de cabeça.
  • Jamais coloque a polia fixa em estruturas que podem ceder com o peso.
  • Cada polia móvel reduz o peso pela metade, mas aumenta o atrito na corda, ajuste conforme sua necessidade.

Por último, para sua segurança, não fique embaixo do objeto que está sendo erguido.

Gostou da matéria? Leia nossos conteúdos relacionados:

ACOMPANHE A ELASTOBOR
Fique ligado em nossas redes sociais e participe de promoções e sorteios exclusivos.

FICOU ALGUMA DÚVIDA?
Nossa equipe está pronta para te atender:

Curtiu essa matéria?

%d blogueiros gostam disto: