Proteja-se de todas as formas contra CORONAVÍRUS

Proteja-se de todas as formas contra CORONAVÍRUS

Como o surto começou

Desde de dezembro de 2019, o Mundo corre atrás de mais informações sobre um novo vírus desconhecido até então e que vem causando uma doença pulmonar grave em centenas de pessoas na China, mais precisamente ao mercado público de frutos do mar na Cidade de Wuhan,  até agora foram registrados oficialmente 132 mortes pela contaminação do vírus.

Há casos de transmissão do vírus de uma pessoa para outra, envolvendo inclusive profissionais de saúde que foram infectados durante o tratamento de pacientes com a mesma doença, e as autoridades estão cada vez mais preocupadas já que  o novo vírus infecta pulmões de forma agressiva através de tosses e espirros, que são meios altamente eficazes de alastramento da doença.

O coronavírus já tem números assustadores de casos, infectou mais de 4 mil pessoas em surto na China e atingiu  outros 12 países.

Além da China, já aparecem casos de infecções confirmados em países como Japão, Taiwan, Nepal, Tailândia, Vietnã, Coreia do Sul e Singapura, Austrália, nos EUA e na França.

Quais são os Sintomas do Coronavírus

Os especialistas afirmam que os primeiros sintomas são: febre, tosse, falta de ar e dificuldade em respirar e que em casos mais graves, pode evoluir para pneumonia, síndrome respiratória aguda grave (SARS) ou insuficiência renal.

Crianças de pouca idade, idosos e pacientes com baixa imunidade podem apresentar manifestações mais graves.

Como reduzir o risco de infecção pelo novo coronavírus?

  • 1- Evitar contato próximo com pessoas com infecções respiratórias agudas;
  • 2-Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;
  • 3-Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente e antes de se alimentar;
  • 4-Cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar;
  • 5-Usar lenço descartável para higiene nasal;
  • 6-Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • 7-Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • 8-Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • 9-Manter os ambientes bem ventilados;
  • 10-Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes.
  • 11- Use máscaras para proteção

As Máscaras protegem contra o Coronavírus ?

Alguns médicos especialistas acreditam que as máscaras são um tipo de  equipamento que podem ajudar a prevenir as transmissões de micro-organismos das mãos para a boca.

Em entrevista ao JRNews da Record News, Raquel Saito, professora de Saúde Pública e Vigilância Epidemiológica da Faculdade Santa Marcelina explica que o uso das máscaras é mais recomendado às pessoas que podem estar contaminadas. Já as pessoas que querem evitar a contaminação, devem procurar uma máscara específica regulamentada como equipamento de segurança, ‘mas ela é usada por profissionais da saúde que vão tratar pessoas contaminadas’, alerta Saito.

Segundo a especialista, a higiene e pequenos cuidados ajudam na hora da proteção. Ela afirma que as pessoas devem lavar mais as mãos, com bastante atenção e maior frequência, usar o álcool gel, e evitar viajar para lugares onde o vírus já circula.

CORONAVÍRUS

Mascara DeltaPlus de Seguranca Sem Valvula Pro Face PFF2 CoronaVirus
Essa máscara é indicada para a proteção contra o coronavírus pois segue a norma brasileira definida pela ABNT NBR13698/2011 e aplicada pelo MTE. A máscara pode ser usada contra agentes biológicos e patológicos em ambiente hospitalar, exceto para procedimentos cirúrgicos.
 
Vou viajar posso utilizar essa máscara?
 
Sim, a máscara é recomendada como uma das formas de proteção, além de outras ações de higiene, como lavar as mãos, evitar tocar nos olhos, nariz, boca e evitar tocar pessoas que estejam doentes.
Existem no mercado 2 tipos de máscaras que atuam para a proteção que são as PFF2 e o respirador N95.
 
Qual a diferença entre a máscara PFF2 e o respirador N95?
 
Os dois têm níveis de proteção equivalentes, a única diferença é que os respiradores N95 são testados e reconhecidos nos EUA pelo NIOSH e as máscaras com classificação PFF2 seguem a norma brasileira definida pela ABNT e aplicada pelo MTE. Os primeiros apresentam eficácia mínima de filtração de 95% e, os segundos, de 94%.

Em resumo, o respirador N95 e a máscara PFF2 são EPIs ideais para os trabalhadores expostos a ambientes com contaminação aérea. Tanto um quanto o outro são reconhecidos por sua eficácia e garantem a segurança do usuário.

E se você tiver interesse em ler mais matérias parecidas com essa, recomendamos https://blog.elastobor.com.br/como-proteger-sua-casa-contra-insetos/

Deseja adquirir esses produtos ? Acesse nossa loja virtual abaixo: 

www.elastobor.com.br

Ou se precisa conversar e obter mais dados técnicos , fale com um consultor via whatssap 1198792-0030 ou preencha o formulário que ligamos pra você !

Até a próxima matéria! 😉

Curtiu essa matéria?

%d blogueiros gostam disto: