Qual é o Melhor Protetor Auricular?

Qual é o Melhor Protetor Auricular?

protetor para ouvidos contra ruídos

Você sabia que existe mais de um tipo de protetor auricular?

Pois é, muita gente conhece apenas um ou dois deles, por isso achamos interessante apresentar nesse artigo quais são os principais tipos e qual deles é o melhor.

O protetor auricular é um item fundamental para a segurança dos colaboradores, quando há trabalho por períodos prolongados em ambientes com muito barulho. Como por exemplo:

  • Avenidas movimentadas
  • Construção civil
  • Limpeza e manutenção
  • Locais com grande fluxo de pessoas ou máquinas
  • Reformas e asfaltamento
  • Manuseio de máquinas

Esses são alguns tipos de trabalhos que exigem o uso de protetor auricular. Vou te falar dos melhores protetores auriculares, mas antes disso, quero saber se você compreende a gravidade e a importância do uso.

Vamos falar de limites

As normas de segurança dizem que acima de 85 dB, ou 85 decibéis, que é a unidade de medida de sons e ruídos, a exposição prolongada já começa a causar danos a audição.

O ideal é que não se exponha por mais de 8 horas a ambientes que estão acima desse nível

Quanto maior a produção de decibéis, menor deve ser o tempo que se passa no ambiente.

Mas como saber se o ambiente está produzindo ruído acima de 85 dB?

Não vou dizer que é simples sem um medidor, mas para saber se é necessário o uso de protetores auriculares tem alguns medidores que podem te alertar.

  • Uma pena caindo tem 0 dB
  • O barulho de um mosquito tem 10 dB
  • Conversação tem 60dB
  • Moto, furadeira, serra elétrica, trem, tempestade, cortador de grama tem entre 80 e 100 dB
  • Turbina de avião, tiro e fogos ao lado do ouvido tem entre 120 e 180 dB

E aí, já conseguiu descobrir se o seu ambiente de trabalho pode prejudicar sua audição?

Saiba que ruídos acima de 140 dB podem causar perda permanente da audição mesmo que com uma única exposição.

Então para cuidar dos seus ouvidos sempre utilize um protetor auricular.

Eles têm o potencial de reduzir a exposição aos decibéis baixando entre 20 e 30 dB, além disso, são leves e podem proteger sua capacidade auditiva em até 10 anos.

Conheça agora os tipos de protetores auriculares.

Protetor de inserção moldável

Eles são fabricados com um tipo de espuma bem maleável e geralmente, apresentam forma de cone para se encaixar perfeitamente no canal auditivo, esse modelo é descartável.

Quando for utilizá-lo apertar para inseri-lo no ouvido, passe a corda por de trás do pescoço e faça o mesmo processo para o outro lado, o protetor expande e se molda ao seu canal auditivo.

Protetor Pré-moldado

Esse modelo também é inserido no canal auditivo e tem como objetivo reduzir a exposição aos decibéis.

Diferente dos moldáveis, eles são mais rígidos e não se moldam ao canal auditivo, porém são macios, não machucam e tem a vantagem de serem laváveis e reutilizáveis.

É importante usar sempre o mesmo lado todas as vezes, assim você evita passar infecções de um canal auditivo para o outro.

Você deve manusear com as mãos limpas para impedir contaminações, e não os coloque utilizando luvas.

Abafadores

Esses são famosos, você provavelmente já viu alguém utilizando, parece com um headfone mas não toca música, ele abafa o barulho.

Também tem o nome de circum-auricular e protetor auricular concha.

São duas conchas de plástico com acolchoado interno próprio para impedir que o ruído chegue ao ouvido com toda a sua intensidade.

São mais fáceis de manusear que os dois anteriores, pois são externos e não tem contato com a cavidade auditiva.

No entanto, são mais caros e alguns trabalhadores dizem ser menos confortáveis que os outros modelos e interferir na utilização junto a outros EPIs como os óculos de proteção.

Existem equipamentos conjugados, que são fabricados para proteger contra mais de um risco, podem ser uma opção para esses casos.

Protetor auricular de inserção parcial

Esse modelo não é tão conhecido quanto os outros. São cones que ficam na área interna do ouvido e possuem o suporte acima da cabeça ou atrás do pescoço, o que mantém o equipamento fixo.

Alguns especialistas oferecem como uma versão mais leve e alternativa aos abafadores.

Mas qual o melhor protetor auricular?

O melhor vai ser aquele que você se adaptar melhor e que conseguirá usar.

Há modelos que para uma pessoa é desconfortável e para outra é o paraíso, então descubra a sua necessidade e gosto.

Quanto a proteção, todos eles são parecidos, tendo diferença no formato e na forma de uso.

Mesmo a diferença da proteção em decibéis sendo aproximada, ainda assim para saber o modelo que irá se adequar a sua necessidade recomendamos consultar um especialista, esse profissional pode fazer a avaliação completa do ambiente de trabalho e indicar o melhor protetor.

Outro fator a ser levado em conta na escolha entre o abafador e o protetor inserível, é se o local possui a possibilidade de executar a higiene adequada das mãos.

Para o uso do protetor inserível a lavagem das mãos com água e sabão é imprescindível para evitar infecções, caso o local não tenha essa possibilidade, o recomendado é a utilização do abafador, pois ele é externo.

Já sabe qual vai escolher? Mas se ainda está com dúvidas, leia mais matérias no nosso blog sobre EPI’s:

ACOMPANHE A ELASTOBOR
Fique ligado em nossas redes sociais e participe de promoções e sorteios exclusivos.
       
FICOU ALGUMA DÚVIDA?

Curtiu essa matéria?

%d blogueiros gostam disto: