Saiba qual graxa usar para cada tipo de aplicação

Saiba qual graxa usar para cada tipo de aplicação

SAIBA COMO ESCOLHER A MELHOR GRAXA

A graxa é um composto feito com óleo mineral, emulsificantes e aditivos. Ela é capaz de proporcionar lubrificação para metais e alguns tipos de borracha, isso proporciona a redução do desgaste das peças e melhor funcionamento.

Mas antes de comprar, saiba que as graxas não são todas iguais, para conhecer as principais diferenças, veja esse artigo até o final.

Onde se usa graxa?

A graxa deve ser usada para reduzir atritos e evitar o desgaste e o superaquecimento nos motores. Impede que os maquinários enferrujem ou se degradem.

É fundamental para componentes que tem atrito, como no caso dos rolamentos, mancais, cubos de rodas, correntes, roletes e articulações, e dos mais diversos componentes de equipamentos automotivos, de máquinas agrícolas ou industriais, motores, engrenagens, caminhões, aeronaves, embarcações e também tratores.

O que é melhor, graxa ou lubrificante?

Isso dependerá exclusivamente da necessidade do aparelho, a graxa é um produto usado com a mesma finalidade do lubrificante, de fazer com que as peças não se desgastem com o atrito.

No entanto, para fazer essa escolha, leve em consideração que a graxa funciona bem em rolamentos que operam em velocidades moderadas e as temperaturas não são excessivamente altas.

Já o óleo, tem melhor desempenho em alta velocidade e com temperaturas elevadas, o óleo pode até ajudar no resfriamento dos componentes.

Por isso avalie a necessidade do seu equipamento antes da aplicação.

Diferença entre graxa branca e azul

A graxa azul, é uma modalidade de graxa especial direcionada para rolamentos.

A graxa azul é confeccionada com sabão de lítio e com um óleo de viscosidade média, por isso oferece proteção contra o processo de oxidação e igualmente uma maior resistência ao calor moderado.

A diferença entre a graxa azul para a graxa branca, está na composição, a branca é a base de sabão de cálcio enquanto a graxa azul é feita com sabão de lítio.

Além disso, a graxa azul possui maior resistência a água e resistência mediana a temperaturas elevadas.

A graxa azul é indicada para lubrificação em rolamentos de esferas ou cilindros de alta ou baixa rotação. Como no caso dos:  Motores, engrenagens, caminhões, tratores e automóveis.

Por outro lado, a graxa branca é feita de sabão de cálcio e é muito utilizado na indústria alimentícia por ser considerada segura para trabalho nesses maquinários.

Mas seu uso não se restringe apenas a essa indústria, pode ser usada em outros equipamentos que necessitem a preservação do desgaste causado por atrito. 

Possui baixa tolerância a temperaturas elevadas, porém possui melhor resistência a água do que a graxa azul.

Qual a diferença entre graxa sólida e líquida

A graxa líquida é um lubrificante sintético de aderência elevada em borrachas e metais.

É indicada para ser utilizada em correntes de transportes, trilhos e cabos de qualquer natureza.

Faça uso da graxa líquida onde for necessário cobrir todas as folgas do aparelho, pois sua densidade e fácil aplicação farão com que penetre melhor que a graxa sólida.

É excelente para oferecer lubrificação em locais úmidos e resiste bem a temperaturas elevadas ou baixas.

A principal diferença entre a graxa sólida e a líquida está na consistência e aplicação, os usos são similares e a eficiência também.

Conheça os principais tipos de graxa

Graxa de lítio

É um tipo comum de graxa, muito utilizado e útil, teve seu uso difundido pelas mais diversas indústrias, como na da aviação e na automobilística, tem excelente aderência em superfícies metálicas e apresenta bom desempenho com velocidades altas ou baixas, e carga pesada ou leve.

Pode ser utilizada nos mais diversos equipamentos mecânicos, como rolamentos, mancais, cubos de rodas, correntes, roletes, trilhos e articulações.

É importante lembrar que a graxa de lítio, apresenta desvantagem em não poder ser utilizada como lubrificante em indústrias alimentícias, por se tratar de um sabão metálico.

Graxa de múltiplas aplicações

A graxa de múltiplas aplicações pode ser usada para uma gama variada de mecanismos, como lubrificação de rolamentos de equipamentos automotivos e agrícolas.

Também pode ser utilizada em rolamentos e mancais planos de equipamentos industriais.

Graxa para rolamentos

Os rolamentos, exigem um lubrificante capaz de aguentar condições bastante duras de trabalho: Como a umidade e exposição a temperaturas elevadas.

A graxa para rolamento deve proteger da oxidação, ter excelente resistência a água e aguentar temperaturas mais elevadas.

Em caso de alta temperatura ou alta rotação, é indicada a graxa de lítio. Em caso de lavagem com água, a graxa de cálcio é recomendada.

Graxa grafitada

A graxa grafitada possui óleo, espessantes, aditivos e finas partículas de grafite, o que garante uma lubrificação mais apurada em cabos de aço de guindaste, trilhos de portas de aço e chapas deslizantes em ferrovias, correntes, mancais e articulações mecânicas no geral.

É indicada para deslizamento de baixa velocidade.

Graxa náutica

A graxa náutica possui uma função específica, tratando-se de um tipo de graxa de alta rotação e graxa alta temperatura.

Consegue ser um produto capaz de fornecer condições necessárias para a conservação de diferentes itens imprescindíveis para as embarcações diversas.

A graxa náutica pode ser usada para diferentes necessidades, como por exemplo, para a manutenção de equipamentos de embarcações como pinos de motores, parafusos, porcas, eixos e outros.

Como tirar a graxa das mãos?

A melhor maneira de retirar a graxa após o uso é investir em um desengraxante, pois ele promove a remoção de graxas, óleos e sujeiras comuns das mãos.

E além disso, proporcionando conforto e limpeza adequada para a pele.

Preservando a oleosidade natural da pele das mãos o que evita ressecamento.

CONHEÇA OS PROTETORES DE PELE E DESENGRAXANTES

Gostou da matéria?

Agora que já conhecemos as principais graxas do mercado, vamos falar sobre óleo lubrificante?

Apesar da similaridade, vimos aqui que graxa e lubrificante, ao mesmo tempo que são parecidos, também são diferentes. Continue no blog e leia nossa matéria específica sobre óleo lubrificante: Lubrificante, qual o melhor óleo para sua demanda?

ACOMPANHE A ELASTOBOR
Fique ligado em nossas redes sociais e participe de promoções e sorteios exclusivos.

FICOU ALGUMA DÚVIDA?
Nossa equipe está pronta para te atender:

Curtiu essa matéria?

%d blogueiros gostam disto: