Tropeçar, cair, sofrer uma queda. Como evitar acidentes?

Tropeçar, cair, sofrer uma queda. Como evitar acidentes?

Não sofra acidentes corriqueiros

Atire a primeira pedra quem nunca sofreu um dos acidentes citados no título dessa matéria!

Não importa a situação, tropeçar, cair ou sofrer uma queda é no mínimo embaraçoso e dolorido. Se foi excesso de bebida, cansaço, confiança demais ou apenas um descuido, se machucar é horrível.

Na maioria das vezes esses acidentes podem “travar” a rotina diária da sua vida, por mais que tenham ocorrido de uma situação banal do dia a dia, isso pode te complicar bastante.

Por conta disso, hoje vamos te ajudar com dicas bem legais para evitar danos à sua saúde.

Como Evitar acidentes?

Tanto em casa, quanto num ambiente empresarial, é imprescindível que os ambientes estejam limpos e organizados, com espaços de circulação desbloqueados, isso já contribui muito para diminuir o risco de acidentes corriqueiros.

No trabalho

No local de trabalho é de suma importância que existam procedimentos em vigor, relacionados à limpeza, organização e manutenção das áreas comuns.

A empresa tem o dever de proteger a integridade física de seus funcionários, fornecendo equipamentos de proteção individual (EPI), se necessário for.

É importante que todos os funcionários possam entender como funciona as regras de segurança e convivência da empresa, respeitando sempre o espaço individual de cada colaborador.

Além dos exemplos citados, vale ressaltar que o ambiente de trabalho deve ser bem sinalizado, utilizando se de placas, fitas sinalizadoras, e o que mais estiver ao alcance para que esse ambiente seja seguro e livre de acidentes.

Em casa

Na residência, essas regras devem existir de forma bem similar, claro que não precisa instalar placas de sinalização e usar EPI’s dentro de casa.

Vale ressaltar o uso de corrimão, fita antiderrapante e luzes de emergência, no caso de residir em sua casa pessoas  menores de idade e idosos acima de 65 anos.

Esses pequenos detalhes já facilitam a vida e rotina de todos os moradores, evitando que um deles sofram acidentes bobos, que podem se agravar e se tornar um problema muito mais sério. É como diz o ditado: é melhor prevenir do que remediar.

Dicas para diminuir o risco de acidentes

  • Evite usar produtos de limpeza em excesso, isso pode aumentas a incidência de acidentes;
  • Fique atento com a quantidade de produtos para limpeza que você usa. Quantidade e misturas erradas podem ser muito mais maléfico do que benéfico;
  • As áreas de trabalho, circulação, armazenamento e serviço devem sempre estar limpas, organizadas e com manutenção em dia;
  • Na empresa, não deixe objetos jogados nos corredores e áreas comuns;
  • Incentive práticas de trabalho seguras, como fechar as gavetas do arquivo após o uso e retirar itens soltos do chão;
  • Realize revisões periódicas e manutenção preventiva;


Em áreas que estão molhadas ou que estão em manutenção, utilizem equipamentos que sinalizam a operação, como cavaletes.

Outra dica muito importante é utilizar fita antiderrapante em degraus de escadas e áreas que oferecem perigo.

Quedas, tropeços e escorregões

Existem calçados ideias e específicos para quem trabalha em ambientes onde o piso é perigoso, seja por estar sujo de óleo, escorregadio, num restaurante para evitar a queda de objetos pontiagudos no pé ou num ambiente hospitalar. 

Pensando nisso, gravamos esse vídeo para te ajudar a escolher o calçado correto, mais confortável e mais seguro para sua área de atuação.

Gostou da matéria?

Aproveite e saiba mais sobre EPI’s – Equipamento de Proteção Individual:

ACOMPANHE A ELASTOBOR
Fique ligado em nossas redes sociais e participe de promoções e sorteios exclusivos.
       
FICOU ALGUMA DÚVIDA?
Nossa equipe está pronta para te atender:

Curtiu essa matéria?

%d blogueiros gostam disto: