Especialista no assunto, movimentação de carga

Especialista no assunto, movimentação de carga

ESPECIALISTA NO ASSUNTO, MOVIMENTAÇÃO DE CARGA

Hoje vamos falar sobre movimentação de carga. No geral, você verá quais os principais tipos de transportes de carga, algumas medidas de segurança e equipamentos que vão te ajudar nesse transporte de maneira segura.

Como içar sua carga de maneira segura

O primeiro tópico desse artigo é o içamento de cargas, uma atividade que tem por finalidade o transporte vertical de cargas grandes e pesadas que não conseguem outra forma de acesso aos locais devido seu tamanho.

Como por exemplo, esculturas, mesas grandes, mesas de mármore, pianos, armários e outros objetos que não podem ser desmontados, além é claro, de cargas em construções, onde também é necessário o içamento diversas vezes.

O serviço de içamento só pode ser executado mediante a autorização do corpo de bombeiros, pois é complexo e se feito de maneira incorreta coloca a vida de pessoas em risco.

Possíveis riscos de movimentar carga em altura

Caso você vá fazer a movimentação de carga em altura, é necessário que você saiba o que está fazendo, pois é um trabalho que envolve sérios riscos.

Os principais fatores de risco envolvem:

Imperícia, que é quando a pessoa não é capacitada para realizar o serviço, mas mesmo assim realiza. Por exemplo, alguém que nunca fez um içamento se colocar a fazer o transporte de um piano.

Imprudência, acontece quando tem atitudes que prejudicam o serviço, sendo uma ação temerária ou inconveniente. Um exemplo de imprudência é quando se utiliza um equipamento inadequado para substituir o equipamento necessário para o trabalho, o que pode causar acidentes sérios.

E por último, negligência, outro fator que envolve o descuido e displicência com a carga. No caso da negligência, o erro vem de deixar de conferir se está tudo de acordo com as normas de segurança e com a necessidade do serviço.

Errar ao movimentar cargas em altura pode causar acidentes graves, o que pode destruir a carga na melhor das hipóteses, porém pode resultar até mesmo na morte de colaboradores ou terceiros.

Movimentação de cargas perigosas

Se você precisa fazer a movimentação de uma carga perigosa, que pode ser, um objeto muito grande, ou uma peça de construção que precisa ser colocada com cuidado, é necessário que siga algumas medidas de segurança como:

  • Contratar uma empresa capacitada caso não tenha a perícia necessária.
  • Utilizar apenas equipamentos em perfeito estado de conservação
  • Conhecer e estar capacitado sobre as normas de segurança para içamento
  • Saber detalhes sobre a carga que será erguida
  • Utilizar a sinalização adequada no local em que será o trabalho
  • Uso de EPIs adequados como capacete, óculos de segurança, luvas, protetores auriculares, protetor lombar, uniforme refletivo.
  • Fazer o serviço apenas na estabilidade climática, sem ventos fortes ou chuva.
  • Isolar a carga que será içada, uma carga por vez.
  • Não permitir que trabalhadores fiquem abaixo da carga içada.

Movimentação de cargas frágeis

A carga frágil precisa de cuidados especiais pois pode sofrer danos com o manuseio e transporte. O que torna uma carga frágil é sua natureza, ou seja, a composição da qual é feita.

Vidro, gesso, papelão, alguns tipos de plásticos, cristais, espelho, cerâmica, dispositivos e equipamentos eletrônicos, são considerados carga frágil

As cargas frágeis precisam ser classificadas no momento em que a transportadora assume a responsabilidade pela carga. Siga as dicas a seguir para manter uma carga frágil segura:

1 – Cuidado ao embalar

A carga precisa ser envolvida em uma embalagem densa, que não deixe folgas, com camadas de proteção, a camada externa precisa ser rígida, e a interna macia. Pode ser utilizado plástico bolha ou isopor para a parte interna, papelão resistente ou paletes para a parte externa.

2 – Coloque o que é mais frágil por cima

Quando for colocar a carga para transporte, deixe sempre o que é mais frágil em cima, dessa forma garante que o peso dos outros objetos não danificará. 

3 – Use embalagens individuais

Tente utilizar uma embalagem individual para cada peça frágil e não coloque objetos frágeis junto a outros objetos.

4 – Cuidado com as condições climáticas

Algumas cargas são tão frágeis que o clima pode afetar na sua condição, o calor ou frio quando extremos pode danificar objetos, contato com água e umidade também.

Movimentação de carga com empilhadeira

As empilhadeiras são essenciais para o dia a dia de uma indústria, isso pois diariamente são necessários transportes de cargas pesadas.

Existem diversos tipos de empilhadeiras como, a empilhadeira manual, a elétrica, a combustão e as portuárias.

Cada uma se adequa melhor a um tipo de serviço, isso varia conforme a distância necessária a ser percorrida e ao peso da carga.

Por isso na hora de comprar é necessário verificar para qual utilidade a empilhadeira é mais adequada.

Movimentação de carga com munck

Outra forma de transportar carga é usando o caminhão munck, é um caminhão com desenvolvimento hidráulico muito usado para carregar e transportar outros equipamentos pesados e também máquinas de grande porte.

Possui um braço articulado com um gancho que pode ser usado para erguer, estabilizar e transportar diversos tipos de cargas pesadas, como containers, materiais de construção e maquinários.

Movimentação de carga com guindaste

O guindaste é um equipamento projetado para erguer e mover cargas pesadas, no entanto, sua capacidade de carga vai de acordo com o modelo. 

É composto por uma torre equipada com cabos e roldanas, é bastante utilizado na construção civil e para o manuseio de equipamentos pesados, também nos portos para transporte de containers.

Existem diversos modelos de guindaste e a principal diferença está no peso para qual foi projetado de erguer, existem guindastes gigantes pensados para atuar em missões específicas.

O uso correto da paleteira

A paleteira é uma máquina usada para o transporte de cargas pesadas, o funcionamento é simples, a carga é colocada em cima e seu mecanismo facilita a locomoção por um operador.

Não serve apenas para o transporte de pallets, mas também pode ser usada para transporte de caixas e outros objetos.

Para fazer o correto uso da paleteira, certifique-se que está seguindo essas instruções:

  • Respeitando o limite de peso do equipamento
  • Armazenando o equipamento em ambiente fechado
  • Utilizando apenas em pisos nivelados sem obstáculos
  • Verificando se os eixos das roscas estão sem resíduos
  • Certificando que não há vazamento de óleo.
  • Usando o peso de forma distribuída corretamente de ambos os lados da paleteira
ESPECIALISTA NO ASSUNTO, MOVIMENTAÇÃO DE CARGA

Outros carrinhos úteis para carga

O transporte de cargas não se resume apenas as grandes cargas, mas é importante saber que para cargas médias e pequenas também existem opções, por isso, conheça essa linha de carrinhos de carga e saiba qual o melhor para a sua necessidade.

Paleteira manual Marcon

A paleteira manual Marcon transporta até 3 toneladas, conta com um mecanismo que eleva rapidamente a carga, facilitando o posicionamento e o transporte.

É recomendada para diversos seguimentos das industriais, estoques e armazéns.

Carrinho entornador para tambor

Esse carrinho é fundamental para serviços de movimentação de tambores, barris e produtos similares, seu design foi especificamente projetado para essa atividade.

Por isso facilita o transporte de carregamentos para ambientes internos ou externos.

E também garante a segurança para o tambor devido seu formato.

O carrinho funcional para limpeza JSN

Apesar do nome, o carrinho foi desenvolvido para transportar peso, sendo assim, indispensável em ambientes externo, interno e profissionais.

É recomendado o uso em grandes empresas, shopping centers, hospitais, laboratórios, dentre outros.

Também pode melhorar a produtividade das tarefas de limpeza, pois foi feito para transportar produtos e matérias com segurança e praticidade.

Carrinho de armazém

É fundamental para serviços de movimentação de cargas, é ideal para levar diversos tipos de produtos que são transportados em ambientes internos ou externos.

É fácil de utilizar, necessitando de pouco treinamento, além de ser feito de um material reforçado que garante a durabilidade e segurança.

Carrinho de mão

O clássico carrinho de mão também entra nessa lista de indicação, já que é indispensável para transportar pequenas cargas, porém que são facilitadas pelo seu uso.

É muito utilizado na construção para transportar concreto, terras, britas e diversos outros materiais.

Também é indicado para a jardinagem e remoção de entulhos.

ESPECIALISTA NO ASSUNTO, MOVIMENTAÇÃO DE CARGA
ESPECIALISTA NO ASSUNTO, MOVIMENTAÇÃO DE CARGA

RODAS E RODÍZIO, TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER

Tipos de rodízio – tudo que você precisa saber

Você sabe quais são os principais tipos de rodízio e como escolher o melhor para o seu móvel?

Apesar de não ser do conhecimento comum, essas pequenas peças apresentam uma grande importância para o desempenho da movimentação de um móvel ou equipamento.

Com isso, além de serem importantes para essa movimentação, a escolha entre os tipos de rodízio também está relacionada aos custos de manutenção.

Com o rodízio certo, você economiza na troca de peças por razões de desgaste em decorrência do uso.

Mas como escolher a peça correta? O que considerar no momento da escolha? É exatamente isso que iremos falar a seguir. Confira!

O que são os rodízios?

Antes de mais nada, é preciso entender o que vem a ser um rodízio e qual a sua diferença para as rodas, por exemplo.

Em resumo, os rodízio são acessórios que vão fixada na parte inferior de um móvel ou equipamento industrial. Ela se assemelha a uma roda, porém possui um eixo fixo, o que limita sua movimentação.

Além disso, esse é um tipo de equipamento que possui diversas aplicações, especialmente no setor moveleiro. Por exemplo, ele pode ser aplicado como um acabamento em peças como estantes e racks.

Tipos de rodízio

Contudo, os rodízios podem ser encontrados em diferentes formas, com diferentes características, cada uma se adequando melhor para cada situação.

Dentre os principais tipos de rodizio, podemos citar:

Rodízio com rolamento

Ideal para cargas entre 45kg e 60 kg, oferece um deslize mais suave, o que garante um transporte mais fácil sem perder a capacidade de carga.

Rodízio de borracha

Outro tipo de rodízio que garante um transporte facilitado é o rodízio de borracha.

Ele pode ser encontrado no modelo giratório, o que também vai proporcionar facilidade e liberdade de giro de 360°, garantindo um deslocamento com facilidade.

Rodízio Termoplástico

Ideal para movimentação de cargas leves como, móveis, bancadas, carrinhos, máquinas e equipamentos em pisos com bom estado de conservação. 

O modelo possui diversas aplicações nos mais diversos tipos de superfícies e ambiente, proporcionando menor esforço nas atividades de movimentação.

Rodízio giratório rosqueável

Possui uma maior resistência química, bem como ao desgaste a impactos, além de proporcionar uma maior rapidez e durabilidade na sua utilização.

Rodízio com freio

Por fim, dentre os principais tipos de rodízio, estão os modelos com freio. além dos benefícios dos demais modelo, esse tipo de rodízio também proporciona uma maior facilidade no uso, justamente pela presença de um freio.

Como escolher entre os tipos de rodízio?

Mas como escolher um modelo ideal entre os diversos tipos de rodízio? O que considerar na hora da compra?

Antes de mais nada, um fator muito relevante na hora de escolher o rodízio ou a roda é a segurança do operador.

Isto é, se o produto errado for escolhido ele poderá sofrer danos a curto ou longo prazo. O rodízio pode, por exemplo, quebrar se a carga for maior do que ele suporta e pode ferir o operador.

Contudo, também existe a possibilidade de o operador estar colocando mais força do que deveria para empurrar um carrinho por conta da utilização da roda errada, o que pode ocasionar problemas físicos no futuro.

Além disso, o rodízio errado pode não suportar o uso em determinadas condições de temperatura, trazendo riscos, danos e aumento nos custos de manutenção.

Sendo assim, procure saber se o rodízio escolhido suporta o peso e as condições que você precisa antes de comprar.

Em Manutenção, conheça nosso canal no YouTube

Agora que você já leu nossa matéria, vamos ver no vídeo com mais detalhes?

Fique ligado em nosso canal, Em Manutenção. Se inscreva e veja vídeos com dicas e tutoriais sobre ferramentas, acessórios e diversas máquinas. #FAÇAVOCÊMESMO

Vídeo - Cinta de amarração e elevação de cargas

Vídeo - Qual o rodízio ou roda ideal?

Gostou da matéria?

Ainda temos muito mais pra te falar sobre movimentação de carga, continue no blog:

ACOMPANHE A ELASTOBOR
Fique ligado em nossas redes sociais e participe de promoções e sorteios exclusivos.

FICOU ALGUMA DÚVIDA?
Nossa equipe está pronta para te atender:

Curtiu essa matéria?

%d blogueiros gostam disto: